Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Itajaí comemora três anos da publicação da Lei de Segurança Alimentar e Nutricional com avanços nas políticas públicas

Plano municipal para a área entra em vigor no próximo ano e prevê diversas ações
Data de inclusão: 19/10/2021 18:18

Itajaí comemora três anos da publicação da Lei Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional em 2021. Desde a implantação desta legislação, em 16 de outubro (Dia Mundial da Alimentação), o Município tem articulado intersetorialmente políticas públicas para a área. Um dos avanços é o I Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, que entra em vigor no próximo ano com a previsão de recursos financeiros para implementação de ações em diversas áreas do município: Assistência Social, Educação, Saúde, Agricultura, Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Esportes, entre outras.

O plano municipal abrange todas as propostas deliberadas pela população nas últimas Conferências de Segurança Alimentar e Nutricional. O documento contempla ainda sugestões do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (COMSEA) e da Câmara Municipal Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (CAISAN).

Atualmente, a alimentação uma pauta urgente nos governos. Recentemente, dados da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar (Rede PENSSAN) apontaram que o Brasil voltou ao Mapa da Fome. A pandemia e o consequente desemprego também pioraram a situação no país.

Para minimizar os efeitos dessa situação, o Município de Itajaí se articulou para garantir à população o acesso à alimentação. Foram doadas, aproximadamente, 18 mil cestas básicas de alimentos durante a pandemia. Conforme a Secretaria Municipal de Assistência Social, o cartão Social, benefício eventual para aquisição de alimentos, também teve um aumento no número de beneficiários no município.

Outro dado que preocupa é o aumento do sobrepeso e da obesidade nos diversos ciclos de vida e classes sociais. De acordo com a nutricionista e presidente da CAISAN, Elinia da Silva Mateus Marsango, em 2019, mais de 70% dos adultos, gestantes e idosos, além de 66% dos adolescentes, acompanhados pelas Unidades Básicas de Saúde do município, apresentaram algum grau de excesso de peso, segundo dados do Sistema Nacional de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN).

“Os dados apresentados reforçam a necessidade das políticas públicas de Segurança Alimentar e Nutricional no município. A construção e efetivação de propostas nesta área, com a participação da sociedade civil e das instâncias de gestão e de controle social, demonstram que o Município de Itajaí está no caminho certo no fortalecimento do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN) em nível municipal”, destaca a secretária de Assistência Social de Itajaí, Neusa Geraldi.

Dia Mundial da Alimentação
Celebrado em 16 de outubro, esta data foi instituída em alusão à criação da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), em 1945. O objetivo do órgão é conscientizar a população acerca da importância de garantir o acesso a alimentos de qualidade, nutritivos, seguros, diversificados e em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a outras necessidades básicas. Neste ano, a mobilização teve como tema “Melhor Produção, Melhor Nutrição, Melhor Meio Ambiente e Melhor Qualidade de Vida”.

____
Informações adicionais:
Secretaria de Assistência Social
Elinia da Silva Mateus Marsango - Nutricionista
Contato: (47) 3248-0800 / Ramal 228 

Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2021 - Município de Itajaí